26
Jun 08

 

                      (Cruzeiro Seixas)

            60 anos não esquecem Nakba

Palestina oprimida
Resistência que não acaba
Luta de uma vida
 
De muitas vidas tiradas
Uma casa uma bala
Cidades de sangue manchadas
De um povo que não se cala
 
60 anos a lutar
Contra a feroz expulsão
Na sua pátria milenar
Com simples pedras na mão
 
Limpeza étnica cruel
Imposição sem sentido
Pelo estado de Israel
A um povo assim sofrido
 
Tirar a terra é cobardia
A um povo autodeterminação
Gente da Palestina um dia
Serão uma grande Nação
 
Palestina une as mãos
Até ao fim, sempre verdade
Gente resistente, irmãos
A nossa solidariedade
Ausenda Hilário

 

publicado por Utopia das Palavras às 14:25

"Balada da Liberdade" livro de Miguel Beirão, prefácio de minha autoria e capa de Dorabela Graça
Partilha em co-autoria
Um pouco de mim também...!
visitor stats
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape