22
Abr 10

 

Eram bocas caladas

Ou um fuzil

Mãos exploradas

Um pedaço de pão, ou um covil

 

Eram sombras de escuta

Tortura e perseguição

Mas fomos anos de luta

Vermelho ou anil

Fomos revolução

Fomos…seremos Abril!

publicado por Utopia das Palavras às 21:24


Abril, cravos mil (http://luaafricana.blogspot.com/2010/04/abril-cravos-mil.html)





Image (http://3.bp.blogspot.com/_uIW_2NaSPDc/S9RixHtwvFI/AAAAAAAADWI/Ql6Nr95UN84/s1600/cravos.jpg)

Mês de esperança
Primaveril
Revolucionário
Na entrega do poder
Aos trabalhadores
Mas, se o povo
É quem mais ordena
Porque continua a ser
Quem mais sofre
Nesta lusa vila morena?
- Vós, soldados e capitães
Que, de chofre
Num só dia
Fizeram a Revolução
Por onde andais?
- Talvez quem sabe
À sombra das estrelas
Dos generais…
O cravo vermelho
A mais bela das flores
Ao invés de florir
E avançar em frente
Com liberdade
Autonomia e pujança
Continua e
stático
Bem cravado

No peito do povo
À espera de um novo rumo
Que o recompense
Do esforço conquistado
No 25 de Abril
.
A ver vamos
Aguardamos…

.

Nota: Como não sei meter vídeos, têm que ir por este endereço:

http://www.youtube.com/watch?v=PsJpeR2K-is (http://www.youtube.com/watch?v=PsJpeR2K-is)
Que saudades da festa, pá, tinha eu 18 aninhos...
 
Veijios
mulher lua a 25 de Abril de 2010 às 20:52

"Balada da Liberdade" livro de Miguel Beirão, prefácio de minha autoria e capa de Dorabela Graça
Partilha em co-autoria
Um pouco de mim também...!
visitor stats
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape