21
Dez 09

  

Desnudam-se os pés azáfamos
e são alas de fogo e de conforto
que os aquecem,
Numa cor doce de mel e desvelo,
Mesmo que a neve lá fora dilacere
as peugadas de quem carrega a fome
nas pernas de farrapos indolentes
que todos os dias sonham chegar
à porta de outro destino.
E outros tantas mãos cheias, rutilantes
de rodopios de risos e diáfanas farturas
Indiferentes ao rigor das vidas de todos dias
vão cegando a mágica simplicidade da partilha!
 Desejo um Natal introspectivo e um Novo Ano com muita determinação!
publicado por Utopia das Palavras às 18:16

A mágica simplicidade da partilha no Natal introspectivo de mãos dadas com a determinação de vencer os obstáculos no ano que seja Novo. Que bela a tua mensagem. Desejo tudo de bom para a minha amiga Moura.
Eduardo Aleixo a 23 de Dezembro de 2009 às 17:43

*


nas asas do vento


em desejos renovados


deixo,


vendavais de saúde
tempestades de amizade
marés de sereno carinho
e vagas de benquerenças
transportadas
no bico de uma gaivota .


,


maresias Natalícias,


ficam,


,


*

poetaeusou a 23 de Dezembro de 2009 às 19:56

olá Ausenda

que uns ajudem os outros a verem um destino que não só o seu...

e um feliz natal para ti e para os teus

um abraço
Luís
jangadadecanela a 24 de Dezembro de 2009 às 11:56

Uns quase nada tem, outros nada falta mas quanto mais tem mais querem,
Espero que o teu natal tenha sido muito agradavel junto dos que amas, que o novo ano te traga tudo o que desejares
beijinhos
luna a 26 de Dezembro de 2009 às 18:33

Olá Amiga Ausenda!

Um Novo Ano muito feliz.

E sim, preciso dessa determinação! Acho que vou conseguir, estou determinada, rs ((*_~))

Bjinhoo e Xi muito grande

Céci
Céci a 26 de Dezembro de 2009 às 19:37

Um Grande e maravilhoso ano 2010 para todos os teus... para ti também!

Beijo

Que a poesia reine nas nossas vidas durante 2010


 
Breizh da Viken a 27 de Dezembro de 2009 às 20:39

Olá, Ausenda!

Para o novo ano que se aproxima,

o poema que se impõe.

Gostei.

Beijinhosss
vieira calado a 28 de Dezembro de 2009 às 11:03

Mais um magnífico poema para brindarmos nesta passagem de ano.

Tudo de bom para ti, menina!

Um abraço,
Lucy
Lucy a 29 de Dezembro de 2009 às 22:41

Que o Novo ano te continue a dar essa inspiração e respração regeneradora e que nunca deixes de me visitar. Estarei á tua espera.
Feliz 2010
Beijo
Ibel a 29 de Dezembro de 2009 às 22:45


Que o Novo ano te continue a dar essa inspiração e respiração regeneradora e que nunca deixes de me visitar. Estarei à tua espera.
Feliz 2010
Beijo
IBEL a 29 de Dezembro de 2009 às 22:46

"Balada da Liberdade" livro de Miguel Beirão, prefácio de minha autoria e capa de Dorabela Graça
Partilha em co-autoria
Um pouco de mim também...!
visitor stats
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape