12
Set 09

O mar canta…
quando se entranha
nos olhos
de quem o ama
 
Chora…
com a maré
se o amor
de quem o sente
perdido um dia fora
 
Envaidece-me vê-lo coral
curtindo beijos de sal
que exalta...
vestindo a descoberta
 
O mar…namora-me!
 
 
(imagem: Augusto Lima)
publicado por Utopia das Palavras às 21:23

Olá, caríssima!

Se encanta...

e se namora...

bom!

Está feito o jogo!

*

Vou mandar-lhe um mail, acerca da sua sugestão.

Bjs
vieira calado a 17 de Setembro de 2009 às 21:29

Cante o mar o mais doce cântico
salpicado de espumas ao céu
nesse divino namoro!


Deixo-te um beijo, querida
Menina do Rio a 18 de Setembro de 2009 às 22:04

Olá Ausenda!

Vê-se logo que a menina andou namorando o mar nestas férias... ele ía... e vinha... e nunca se detinha!

Lindíssimo ode ao mar!

Lucy
lucy a 18 de Setembro de 2009 às 22:38

Eu também gosto de namorar as ondas e ouvi-las cantar na praia e nas rochas.
PreDatado a 19 de Setembro de 2009 às 21:00


E como é bom estar enamorada pelo mar
beijinhos
luna a 19 de Setembro de 2009 às 22:32

Olá Ausenda!

Enamorada pelo mar e sua beleza
não estranho este teu sentimento
tu própria és força da natureza
ler-te é viver um belo momento

Quero-te sempre enamorada. Beijo Grande. 
manu a 20 de Setembro de 2009 às 11:36

Ambas andámos nas águas do mesmo namorado.O que vale é que ele é imenso e eterno.
Abraço-te.
IBEL a 20 de Setembro de 2009 às 19:23

"Balada da Liberdade" livro de Miguel Beirão, prefácio de minha autoria e capa de Dorabela Graça
Partilha em co-autoria
Um pouco de mim também...!
visitor stats
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape