11
Abr 09

 

 

Aquietei a madrugada
Que se dizia fria
Sentida da noite gelada
Na ânsia do novo dia
 
Afastei o pensamento
Tolhido pelo desamor
Colori o firmamento
Desbotado da sua cor
 
Aplaquei o pecado
Que queria ser capital
Gostei dele ao meu lado
Não me arrependo de tal
 
Amenizei a desventura
De um sonho aniquilado
Hoje o sonho perdura
Não tem medo de ser sonhado
 
Persisti com a firmeza
Da vida fazer melodia
No espanto da sua beleza
Faço a minha sinfonia...!
publicado por Utopia das Palavras às 20:02

Páscoa feliz!
AnaMar a 11 de Abril de 2009 às 20:35

AnaMar

Obrigada
com um atrasozito...!

:-)
Beijo

Faz, amiga, de tudo a tua sinfonia! Cadenciada... harmoniosa... ritmada... Faz uma vida de poesia!

Beijo doce.
Paola a 11 de Abril de 2009 às 21:16

Paola

Quem dera que a vida fosse uma eterna sinfonia, esforçamo-nos, mas...nem sempre...!

Beijo com

... e sempre que não é... ouvimos uma canção... cantamos... e recomeçamos...

Beijo doce
Paola a 14 de Abril de 2009 às 22:24

E pode ser uma sinfonia bonita...

Um abraço
maria a 11 de Abril de 2009 às 22:12


Maria

Será sonho????

Beijos, amiga

Tu compões sempre sinfonias! E esta música de fudo é maravilhosa.Também!

Páscoa Feliz!
IBEL a 12 de Abril de 2009 às 00:42

Ibel

Nem sempre!
Mas tu, sim!

Umas das musicas da minha vida, Shine on you crazy diamond - PINK FLOYD

Beijinhos

*
madrugar
na ânsia do desamor
aplacando a flor
deste sonho que perdura
aventura sempre pura
na melodia do mar
,
Ventos Pascais
Deixo,
,
*
poetaeusou a 12 de Abril de 2009 às 16:49

PoetaEuSou

Sempre a melodia do mar
na ânsia
do teu cantar!

Obrigadaaaaaa!

Jinho

Continua a fazer as tuas sinfonias...

:)

Beijitos
Oris a 12 de Abril de 2009 às 19:41

Oriz

E tu, as tuas belas imagens!

:-)

Beijo

Pintastes as cores do céu, criastes uma sinfonia de amor e num instante deixastes a tua linda poesia. Beijo
tossan a 13 de Abril de 2009 às 01:22

Tossan

Com todo o carinho a deixei...lá!

Um beijo

Não há-de a sinfonia da vida ser bela
Contigo cantando nela!

Beijo.

PS: Parelha, no Alentejo, tem outro significado!!!
Eduardo Aleixo a 13 de Abril de 2009 às 19:03

Emenda: ....fazendo tu parte dela!

Eduardo

Com a emenda, ficam mais bonitos os teus versos!

Obrigada, amigo

PS-eu penso saber o significado da coisa no Alentejo, mas a versão a que me referia era mesmo a algarvia...obvio!

Desperto encostado á escura noite
Na velha e dura calçada do relento…
Na cama onde a chuva é açoite,
Agasalho-me com lençóis feitos de vento!

Grato sempre pela
Bem-vinda visita
E comentário!
Uma boa semana,
No abrigo da paz
E do amor!

O eterno abraço…

-MANZAS-
manzas a 13 de Abril de 2009 às 19:18

Ausenda,

E mesmo simplificando, vais compondo uma sinfonia de vida em versos de muita beleza.

Um abraço



Meg a 13 de Abril de 2009 às 19:36

Meg

Simplificando a vida torna-se mais fácil!

Um beijo

Manzas

Reciprocamente...!

:-) Beijo

perfeita esta sinfonia de palavras
beijos
Carla a 14 de Abril de 2009 às 12:06

Carla

Obrigada!
Já espreitei "Horas vazias" tá lindo...vou lá com mais um tempinho!

Beijos

"Balada da Liberdade" livro de Miguel Beirão, prefácio de minha autoria e capa de Dorabela Graça
Partilha em co-autoria
Um pouco de mim também...!
visitor stats
Luso-Poemas - Poemas de amor, cartas e pensamentos
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape